Categorias
CPI DA COVID-19

CPI DA COVID-19: Mandetta fala durante mais de 7 horas de depoimento

Update da CPI da COVID-19: Ontem, foi o dia do depoimento de Mandetta. Abaixo, e de forma muito resumida você pode conferir o que o primeiro ministro da saúde do Brasil durante a pandemia disse em depoimento:

O governo não quis fazer uma campanha nacional contra a COVID-19;

Foi elaborado um decreto para alterar a bula da cloroquina para que ela fosse recomendada contra a doença;

Bolsonaro tinha assessores paralelos;

Talvez Paulo Guedes — homem pequeno, segundo ele — tenha influenciado o presidente;

O tratamento precoce deveria ser chamado de kit ilusão.

Lembrando… Quem disse tudo isso e muito mais — em mais de 7 horas de depoimento — foi o Mandetta. Hoje, quem vai falar será Nelson Teich.

Se você quiser conferir o depoimento na íntegra, acesse a baixo:

Categorias
TECNOLOGIA

O céu é o limite?!

Hoje vamos falar sobre o desempenho das maiores empresas do planeta: as big techs. Geralmente, elas mostram bons resultados, mas, nesse 1T, os números foram difíceis de acreditar e mudam a nossa noção de grandeza…

Não foi preciso procurar muito para encontrar recordes nos relatórios. As vendas da Apple cresceram 54% em comparação ao 1T de 2020, chegando a US$ 90 bilhões, enquanto as da Amazon saltaram 44%, chegando à marca de US$ 108 bi.

As outras gigantes também não foram nada mal… A receita da Alphabet, controladora do Google, alcançou US$ 55 bilhões. Já as da Microsoft US$ 42 bilhões e Facebook US$ 26 bilhões.

Um ponto positivo de cada uma delas…
Apple: Só com venda de iPhone, foram mais de US$ 47 bi, com o preço médio chegando a US$ 847.

Microsoft: O Teams, plataforma que integra todas as ferramentas da empresa, passou de 145 milhões de usuários diários, mais de 7 vezes o número de 18 meses atrás.

Amazon: O número de funcionários da empresa chegou a 950 mil, cerca de duas vezes a quantidade no mesmo período de 2020.

Google: A receita do YouTube cresceu 49% em relação ao ano passado.

Facebook: Os aplicativos do Zuck foram usados por mais de 3,4 bilhões de pessoas, pelo menos uma vez no mês de abril.

Mas o número mais chocante é esse aqui: Essas cinco empresas somadas dobraram sua representação em relação a 5 anos atrás e, agora, compõem cerca de 25% do total do S&P 500 — o índice americano que contém as empresas mais relevantes do mercado. Já a soma do valor de mercado das cinco juntas ultrapassa a marca de US$ 8 trilhões.

Elas já eram gigantes antes da pandemia, mas fica evidente a influência desse período — marcado pelo home office e pelos finais de semana em casa — no crescimento ainda maior das big techs.

É só comparar… É muito provável que você tenha passado a usar ainda mais o celular, dependa de plataformas online para trabalhar ou estudar, tenha começado a fazer mais compras pela internet e gaste ainda mais tempo em aplicativos e redes sociais. Estou errada?

Categorias
COVID-19

Brasil registra menos de mil mortes nesta segunda-feira e nova vacina vem aí

Ontem, pela primeira vez desde 08 de março, há quase dois meses, o Brasil registrou menos de mil mortes pela COVID-19. Nessa segunda-feira, segundo o Ministério da Saúde, foram 983 óbitos e 24.619 novos casos da doença.

Com isso, de acordo com o consórcio de veículos de imprensa, a média móvel tem variação de -16%, indicando tendência de queda, e de -6% em relação aos casos.

Uma ressalva: Em geral, aos domingos e segundas-feiras, os números são mais baixos pois há menos pessoas trabalhando para contabilizar os dados, mas, dessa vez, a queda foi bem significativa.

Que vontade de uma Pfizer gelada…

Ontem, começou a distribuição da primeira remessa — de 1 milhão de doses — da vacina da Pfizer para as capitais brasileiras.

Ainda sobre o imunizante, Marcelo Queiroga, ministro da Saúde, confirmou que o Governo Federal vai assinar, ainda esta semana, um contrato de compra de mais 100 milhões de doses da vacina da fabricante.

Quanto à paralisação da vacinação em algumas capitais, o ministro afirmou que o estoque será regularizado nos próximos dias. Além do mais, Queiroga disse que é plausível dizer que, até o final de 2021, estaremos todos vacinados. Só vem, réveillon!

Categorias
COVID-19

Vacinação atinge melhor ritmo, mas mundo tem seu pior momento de COVID-19.

Com o início do quinto mês do ano, é bom dar uma olhada no todo. Começamos maio com a média de novos casos diários ultrapassando 800 mil pela segunda semana consecutiva.

Numericamente falando, o mundo enfrenta o pior surto, muito impulsionado pela Índia, que representa quase metade dos novos casos. Enquanto isso, Europa e Estados Unidos veem os números caindo bastante.

De janeiro até aqui, a América do Sul também continua sofrendo, apesar do aumento não ser tão significativo quanto o asiático. Uruguai, Paraguai, Brasil, Peru, Argentina e Colômbia estão entre os 20 países com o maior número de mortes por coronavírus per capita.

Vacinação

Já atingimos a marca de mais de 1,16 bilhão de doses aplicadas, o suficiente para vacinar totalmente 7,6% da população global. Hoje, mais de 95% da população mundial já vive em países com vacinas disponíveis e é muito interessante perceber como a velocidade aumenta. Amém, Deus! O Brasil está pronto 🙌🏾🙌🏾

Se o ritmo continuar assim, e como tudo indica que sim, até mesmo pela exportação de doses por países como os Estados Unidos, atingiremos o próximo bilhão de doses dentro de 50 dias, menos da metade do período inicial que foi necessário para o mesmo marco. 🙌🏾🙌🏾

Categorias
MERCADO FINANCEIRO

Warren Buffet tem algo a dizer sobre investimentos

No último sábado, aconteceu a tão aguardada reunião anual de acionistas da Berkshire Hathaway, empresa do ícone nonagenário dos investimentos. Além dele, quem fez bons posicionamentos foi seu parceiro de negócios, Charlie Munger, no auge de seus 97 anos.

O que eles têm a dizer?
Basicamente, para que haja cuidados com os investimentos da moda. Ao mencionar a plataforma Robinhood, voltada para pequenos investidores, que alavancaram ações como as da GameStop, Buffett disse que não se pode admirar uma plataforma que tira vantagens dos instintos de jogo das pessoas.

Investir é diferente de apostar e ele prefere sempre a primeira opção.

E o Bitcoin? Sobre a criptomoeda, que renovou recordes recentemente, Munger a chamou de repugnante e ressaltou o uso para empreendimentos criminosos, colocando seu sucesso como contrário aos interesses da sociedade.

As SPACs: Para quem não sabe, SPACs são empresas de aquisição com propósito específico, criadas para abrir o capital de empresas em vez de um IPO. A opinião de Buffett é que não é algo nada bom, pois ficou mais difícil para ele fechar um negócio a um bom preço.

What else? Todos cometemos erros e Warren Buffett está incluído nisso, sendo um de seus arrependimentos ter vendido algumas ações da Apple. Acontece…

Outro ponto interessante é a atenção do “Oráculo de Omaha” às drásticas mudanças globais. Com isso, ele mencionou positivamente os fundos de índice, uma forma de investir sem escolher ações específicas, acompanhando o mercado.

Voltamos aos valores da companhia: Calma e constância. É nisso que a Berkshire acredita no longo prazo, apesar do desempenho inferior ao S&P 500 na pandemia.

Categorias
CPI DA COVID-19

Próximas etapas da CPI da COVID-19

Agora vai! Depois de ter sido instalada na última terça-feira, a Comissão teve uma semana bastante movimentada, focada em realizar o planejamento inicial do que vai acontecer, contando com a apresentação de requerimentos dos seus integrantes.

Mais de 300 deles já foram aprovados, incluindo convocações de testemunhas e pedidos de documentação de vários órgãos do Governo Federal, de estados e de municípios.

Quais são as próximas etapas? A atenção, nessa semana, deve ficar nos depoimentos dos três ex-ministros e do atual ministro da saúde e do presidente da Anvisa.

Eles foram chamados com o objetivo de poder ouvir diretamente os que estão — ou estiveram — à frente da pasta da saúde, para entender como ocorreram as operações e os processos na conduta da pandemia até aqui.

Além disso, haverá a análise dos documentos que já foram enviados por diversos órgãos, solicitados pelos senadores, e o início de, pelo menos, seis linhas de investigação:

Uso e repasse de recursos federais;

Aquisição e distribuição de vacinas, insumos, equipamentos e testes;

Colapso de saúde no Amazonas;

Atribuição de responsabilidades e competências no combate à crise;

Produção, distribuição e recomendação de cloroquina e falhas na compra de remédios do kit intubação;

Saúde indígena;

Ainda há outros pontos que membros da comissão também desejam apurar, como contratos e ações de publicidade do Governo durante a pandemia, saídas do Presidente da República pelo DF em meio à crise sanitária e disseminação de informações falsas sobre a COVID-19.

Categorias
MUNDO

Futebol inglês inicia protesto contra o racismo das redes sociais

O futebol inglês promoveu uma ação de sexta até amanhã, silenciando-se das redes sociais em forma de protesto.

O “apagão” está sendo promovido para pressionar o Facebook, o Instagram e o Twitter a adotarem medidas mais rígidas contra o racismo e preconceito que muitos jogadores recebem nos comentários das publicações, em suas contas pessoais.

A ação está sendo encabeçada por vários clubes e organizações do futebol inglês, como a Premier League, além da própria FIFA. Para contextualizar, na última temporada, houve um aumento de 42% nas denúncias de discriminação no futebol profissional.

O que eles estão pedindo a Mark Zucerberg? Que suas plataformas, bem como o Twitter, acatem a responsabilidade de prevenir essas práticas, protegendo os alvos.

Mais especificamente, as ideias são:

Filtrar e bloquear comentários racistas antes de serem postados;

Limitar materiais abusivos com alto risco de grande circulação;

Estabelecer um processo de verificação de usuário mais efetivo;

Auxiliar melhor a identificação dos assediadores.

O príncipe William, dentre outras personalidades, também demonstrou apoio à iniciativa, junto com jornais como o The Guardian e o The Sun.

É válido mencionar que, se a medida surtir efeito, será uma grande conquista para todos, atletas ou não que sofrem esse tipo de ataque nas redes.